Inicial / #VereadorArmando / Projeto propõe reajuste de 7,64% do piso do magistério de Viamão

Projeto propõe reajuste de 7,64% do piso do magistério de Viamão

De autoria do vereador Armando, a Câmara aprovou, na sessão representativa de ontem (18/01), projeto de lei indicativo, que propõe o reajuste de 7,64%, nos salários dos professores de Viamão, elevando o piso do magistério municipal, para R$ 2.298,80.

Armando_1_WEB

Depois do anuncio do piso nacional para profissionais do magistério para 2017, o vereador Luís Armando Azambuja (PT), através de projeto de lei indicativo, aprovado pela Câmara, na sessão representativa de ontem (18/01), pediu ao prefeito André Pacheco, que atualize, imediatamente, a faixa salarial dos cerca de 1,5 mil servidores do magistério público municipal, com reajuste de 7,64%, para um piso salarial de R$ 2.298,80.

O piso define o salário de professores, diretores, coordenadores, inspetores, supervisores, orientadores e planejadores escolares em início de carreira, com formação em magistério ou normal e carga horária de 40 horas semanais. 

piso-300x180

O valor do piso salarial nacional é calculado com base no que é destinado por matrícula no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) dos dois últimos anos.

De acordo com o vereador Armando, o reajuste de 7,64%, vale, tanto para os profissionais que atuam tanto na educação infantil, quanto aqueles que dão aulas no ensino fundamental, das 61 escolas, sendo 40 urbanas, 16 rurais e 5 de educação infantil, e que juntos, atendem mais de 26 mil estudantes viamonenses.

Além defender a categoria do magistério municipal, o vereador Armando propôs ainda, atenção as demais categorias e funções, pertencentes ao quadro geral, cobrando apresentação do Plano de Carreira, para valorizar e qualificar os demais servidores da saúde, obras e administrativo da Prefeitura.

professores Viamão_vereador Armando_arquivo

Foto arquivo da Sessão da Câmara, de discussão e debates do projeto do Plano de Carreira, em 2015, que foi retirado pelo Executivo da pauta de votação.

De acordo com o vereador Armando, esta sendo esperado a qualquer momento, ou, até o dia 15 de fevereiro, apresentação na Câmara, do projeto do Executivo, com o novo Plano de Carreira, que constará os novos salários básicos, dos cerca de 1,6 mil servidores públicos de Viamão. “A expectativa é de que a redação do novo projeto do Plano de Carreira deste ano, contemple as propostas e modificações, já apresentadas e sugeridas, pelo conjunto de debates e discussões já realizadas em 2015, com os vereadores da Legislatura anterior e representantes dos servidores públicos, até mesmo para dar agilidade nas discussões”, enfatizou Armando.

O vereador Armando ressaltou ainda, que a Prefeitura esta aguardando o novo Plano de Carreira para completar o quadro de servidores, já em defasagem, com as convocações dos concursados de 2015, já com as definições dos novos salários e legislação funcional, assim como, os servidores em vias de aposentadorias, que estão ansiosamente e na expectativa, aguardando o projeto para analisarem o melhor momento para o desligamento.

Por outro lado, aponta o vereador Armando, os milhares de servidores municipais efetivos, reivindicam o que é de justiça: “O reconhecimento e a manutenção de seus direitos adquiridos, além da elevação do salário base, acima do mínimo nacional, e identificado com os valores médio da cada categoria e do mercado., entre outros direitos, que devem ser defendidos por todos como forma de valorizar e qualificar e trazer mais dignidade ao servidor”,  enfatizou Armando.

Em 2015, um projeto do Plano de Carreira chegou a ser debatido na Câmara, mas foi retirado da pauta de votação, pelo Executivo, do então prefeito Valdir Bonatto.

Não deixe de ver também:

Para evitar greve dos 3,2 mil servidores de Viamão, prefeito vai enviar projeto para ajuste do Plano de Carreira

Plano de carreira vai diminuir salários de 3 mil servidores de Viamão

Armando repudia votação a toque de caixa, do pacote de projetos do funcionalismo

Sobre o Vereador Vereador Armando

O vereador Armando, como é popularmente conhecido, tem 45 anos, é jornalista/radialista, técnico em contabilidade, Bacharel em Direito, e, pós- graduado em Gestão Hospitalar. Armando foi eleito para o quinto mandato de vereador. Armando é considerado um dos vereadores mais atuantes e experientes do Legislativo. É o campeão de projetos e de leis aprovadas e sancionadas.

Além disso, verifique

Hospital de Viamão mantém aberto e duplica maternidade