Inicial / DESTAQUES DA SEMANA / Duplicação no Caminho do Meio – Vereador Armando reivindica em Brasília apoio e voto para recursos no Orçamento da União de 2013

Duplicação no Caminho do Meio – Vereador Armando reivindica em Brasília apoio e voto para recursos no Orçamento da União de 2013

Obra em via que passa por Porto Alegre, Alvorada e Viamão depende de recursos federais. As verbas precisam do apoio e votação na Bancada Gaúcha para entrar no Orçamento de 2013.

O projeto prevê que o Caminho do Meio passaria a contar com duas faixas de cada lado de uma extensão de 9,7 quilômetros, com ciclovia e horse way (para circulação de cavaleiros), calçadas e refúgios para os ônibus pegarem passageiros nas paradas.

Em 2010, a Bancada Gaúcha na Câmara dos Deputados fez brilhar os olhos dos moradores de Viamão, da Estrada Caminho do Meio, como é conhecido o trecho que começa no fim da Avenida Protásio Alves, em Porto Alegre, e segue por Alvorada até a parada 54 de Viamão. A emenda chegou a entrar no orçamento da União, mas o valor de 40 milhões não foi empenhado no ano seguinte quando então, uma emenda foi apresentada pelo então Deputado Federal Geraldinho Filho (PSB), no valor de R$ 19 milhões. Na ocasião a emenda não teve o apoio e a prioridade de votação da Bancada Gaúcha e não foi para o orçamento.

Novamente este ano, entra na pauta de votação da Bancada Gaúcha, que decide amanhã (27), as emendas prioritárias. Somente nove serão escolhidas como prioridades das sessenta concorrentes para o Estado do RS.

Em missão parlamentar em Brasília-DF, os vereadores Luís Armando Azambuja (PT) e Vardir Elias-Russinho- (PMDB), estão desde as 9h da manhã desta segunda-feira percorrendo os gabinetes dos 31 deputados federais e dos três senadores gaúchos, para buscar apoio e o voto na “EMENDA OBJETO: Duplicação da Avenida Protásio Alves, região metropolitana de Porto  Alegre: ESTRADA CAMINHO DO MEIO, MINISTÉRIO/ÓRGÃO: Ministério das Cidades, VALOR: R$: 19.102.000,00”. Reivindicam que o Caminho do Meio fique entre as nove prioridades que integrarão o orçamento da União, que garantiria recursos para duplicação da via, que liga as três cidades. Pelo projeto original, o governo federal enviaria R$ 40 milhões, e o Estado, como contrapartida, entraria com R$ 10 milhões .

De acordo com o s vereadores Armando Azambuja, esta uma ação parlamentar em Brasília, busca recursos para Metroplan, do estado do Rio Grande do Sul, de  recursos federais até chegar a  ordem de R$ 40 milhões, para que possa iniciar a obra, que prevê duplicação de uma extensão de 9,7 km, com ciclovia, que deverá contar com parceria de diversos segmentos de empresários de Viamão e os recursos da União.

 “A população sonha com a nova rodovia, na mesma hora em que sofremos e nos frustramos juntos com as expectativas, mas não desistimos dessa luta. Por isso estamos aqui em Brasília, peregrinando os gabinetes dos deputados para reivindicar esta duplicação, que representará o fim engarrafamentos que são intermináveis, além de alternativa para ERS 040 e da Bento Gonçalves, como também representará mais segurança aos pedestres que arriscam a vida caminhando em uma pista sem acostamento, além de trazer mais condições de mobilidade urbana e desenvolvimento econômico e social da região”, completaram em suas justificativas aos deputados, os vereadores Armando e Russinho.

Sobre o Vereador Vereador Armando

O vereador Armando, como é popularmente conhecido, tem 47 anos, é jornalista/radialista, técnico em contabilidade, Bacharel em Direito, e, pós- graduado em Gestão Hospitalar. Armando esta no quinto mandato de vereador. Armando é considerado um dos vereadores mais atuantes e experientes do Legislativo. É o campeão de projetos e de leis aprovadas e sancionadas. WhatsApp Lista de Transmissão de Notícias: 51 9960-13123 WhatsSacLegal: 51 9994-13123 (Automatizado)

Além disso, verifique

Atenção pais! Últimos dias das matriculas da Escola Novo Lar, com vagas do 1º ao 5º ano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *