Inicial / #VereadorArmando / Antônio Carlos Côrtes recebe título de Cidadão de Viamonense

Antônio Carlos Côrtes recebe título de Cidadão de Viamonense

O presidente da Câmara Municipal de Viamão – CMV Luís Armando Corrêa Azambuja – PSDB, através do Decreto Legislativo nº 1/2021, aprovado na sessão plenária da última quinta-feira (11), concede Título de Cidadão viamonense ao radialista, escritor e cofundador do Grupo Palmares, Sr. Antônio Carlos Côrtes.

A honraria se dá aos relevantes trabalhos comunitários, profissionais, políticos e sociais, em especial pelo reconhecimento de liderança do movimento negro no Estado do Rio Grande do Sul, com reflexos nas políticas públicas afirmativas em Viamão.

“Neste dia é uma grande honra e imensa alegria, entregar esse título para o único vivo, dos quatro que propuseram o dia 20 de Novembro no país”, fala o presidente Armando.

Côrtes, natural de Porto Alegre, é o único vivo dos quatro idealizadores do Dia da Consciência Negra, hoje com 72 anos, ainda fala o assunto sobre o descaso ao qual os negros foram relegados a partir de 13 de maio de 1888.

“Não podemos festejar o dia 13 de maio. Nesses momentos que nos levam a muita reflexão, nós negros lutamos muito para estar onde estamos. Os negros foram libertos, mas a Lei Áurea apenas dizia que precisavam libertar os negros cativos, sem qualquer outro tipo de amparo. Os imigrantes, que aqui chegaram, receberam terras, ferramentas, e os negros, nada”, fala Antônio Côrtes.

Presidente Luís Armando Azambuja com o mais novo cidadão de Viamão, Antônio Carlos Côrtes

O título de cidadão viamonenses a Côrtes é conferido também, por ter sido o propositor da instituição do 20 de Novembro, data da morte de Zumbi dos Palmares em 1965, como Dia da Consciência Negra. Aqui em Viamão a importância da data, refletiu na criação de diversas legislações e ações, como: Lei Municipal n° 3072, de 02 de 02 de Agosto de 2002, que Instituiu a Semana Municipal de Estudos, da Consciência Negra; Lei Municipal n° 3.210/2004 de 23 de Janeiro de 2004, que Dispõe sobre a reserva/cotas de vagas para Afro-Brasileiros em concursos públicos; Lei Municipal n° 3357 de 24 de Agosto de 2005, que Institui a Semana Municipal da Consciência Negra e de Ação Antirracismo; Resolução n° 21 de 04 de dezembro de 2008, que Instituiu o Prêmio Zumbi dos Palmares, entre outras.

O presidente da CMV fala da importância do título ao Senhor Antônio Carlos Côrtes, que tem papel importante nas políticas públicas para a população negra no âmbito nacional.

“No meu primeiro mandato, em 2000, consegui que Viamão ficasse entre os maiores índices de cotas para negros, pardos e indígenas. No município, centenas de pessoas conseguissem ingressar na prefeitura e câmara por meio das cotas. Na semana da Consciência Negra, diversas atividades relacionadas são desenvolvidas nas escolas. Precisamos conscientizar a população”, diz o chefe do legislativo.

Presidente Armando destaca a representatividade dentre do legislativo viamonense

GRUPO PALMARES

O Grupo Palmares teve seu início na década de 1970, idealizado por Oliveira Silveira, Antônio Carlos Côrtes, Ilmo da Silva, Vilmar Nunes, Jorge Antônio dos Santos e Luiz Paulo Assis santos, que se encontravam com frequência em frente a tradicional Casa Masson da Rua da Praia, no Centro de Porto Alegre. Reuniões  posteriores incluíram membros e culminaram com a consolidação do Grupo Palmares, focado nos estudos de artes, literatura e teatro.

Segundo Oliveira Silveira, a primeira reunião oficial do grupo aconteceu na casa de seu falecido sogro, José Maria Vianna Rodrigues, e sogra, Maria Aracy dos Santos Rodrigues, na companhia de sua pequena e única filha Naiara Rodrigues Silveira e sua então esposa Julieta Maria Rodrigues, no bairro Bom Fim, antiga Colônia Africana de Porto Alegre. Dado pelo sogro, o livro do português Ernesto Ennes “As guerras nos Palmares”, de 1938, serviu de inspiração para a evocação do 20 de novembro. Segundo Antônio Carlos Côrtes, a segunda reunião oficial aconteceu na casa de seus pais no centro da cidade, quando foi escolhido o nome Palmares ao grupo. Outras reuniões do grupo foram realizadas no bar da Faculdade de Filosofia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), no Campus Central.

QUEM É ANTÔNIO CARLOS CÔRTES

Antônio Carlos Côrtes, nascido em 26 de dezembro de 1948, filho de Egydio Ribeiro Côrtes e Isolina dos Santos Côrtes, natural de Porto Alegre, é pai de Cassius da Silva Cortês. Cursou o ensino fundamental no Colégio Nossa Senhora das Dores e o ensino médio no Colégio Marista Champagnat, ambos na Cidade de Porto Alegre. É graduado na Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS –, com conclusão no ano de 1976.

Antônio Carlos Côrtes foi funcionário do Banco do Estado do Rio Grande do Sul – Banrisul – por 26 anos. Advogado militante, com atuação nas áreas de direito civil e criminalista, foi também secretário-geral da Junta Comercial do Rio Grande do Sul – Jucergs –, bem como foi assessor superior da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul.

Côrtes foi apresentador, repórter e produtor na TV Guaíba, no canal 2, no tempo do Programa Concentração. Em 1984, foi jurado no Concurso Rainha do Carnaval de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Em 1987, foi comunicador da Rádio Princesa.

No ano de 1988, passou a comandar a cobertura do Carnaval pela Rádio Farroupilha, acumulando ainda a função de comentarista da Rede Brasil Sul de Televisão – RBS TV –, atividade que exerceu até o ano de 1990. Em 1991, comandou as transmissões da cobertura de Carnaval da Rádio Gaúcha de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, permanecendo com tal incumbência até o ano de 1993. Já entre 1994 e 1996, foi comunicador na rádio 1.120 AM. Em 1997, foi julgador do Prêmio Açorianos de Música, na Secretaria Municipal da Cultura – SMC – de Porto Alegre, na qual, na ocasião, representava a Rádio Princesa e o Jornal do Comércio, sendo que, na época, era comunicador da referida rádio.

Em 1999, Antônio Carlos Côrtes foi comentarista da TV Educativa de Porto Alegre – TVE. Ainda em 1999, proferiu palestra sobre direito autoral no Sindicato dos Compositores Musicais do Rio Grande do Sul – Sicom/RS. Em 2001, recebeu da Câmara Municipal de Porto Alegre – CMPA – o Troféu Carlos Santos, em solenidade da Semana da Consciência Negra, por luta e militância. Também no ano de 2001, foi consultor de imprensa da Associação das Entidades Carnavalescas de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul – AECPARS.

Em 2002, foi professor na Academia de Polícia – Acadepol – do Rio Grande do Sul. Ainda no ano de 2002, a convite de secretaria municipal de Osório, proferiu a palestra “O Negro no Mercado de Trabalho”.

Em 2003, foi apresentador, narrador e comentarista na Rádio e TV Bandeirantes de Porto Alegre. Em 21 de setembro, recebeu homenagem pela passagem do Dia do Radialista. No ano de 2004, foi comentarista na cobertura do Carnaval pela Rádio Metrô FM. Também, no ano de 2004, mediou o seminário “Repensando o Carnaval”, além de ter sido homenageado no Theatro São Pedro, pela Sociedade Recreativa Beneficente Imperadores do Samba, por atuação em mais de 50 anos no Carnaval de Porto Alegre. Em 2007, foi comentarista de Carnaval na TV Joaçaba, da RBS TV, em Santa Catarina.

No ano de 2010, foi integrante do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre.

Entre 2012 e 2013, foi, novamente, comentarista de Carnaval da Rádio Gaúcha de Porto Alegre, além de ter sido aclamado conselheiro-presidente do Conselho Estadual de Cultura – CEC RS.

Antônio Carlos Côrtes foi membro fundador do Grupo de Pesquisas Palmares, em 1971, que implementou a data de 20 de novembro na comunidade negra, realçando a importância de Zumbi, iniciativa adotada nacionalmente.

Foi o propositor da instituição do 20 de Novembro – data da morte de Zumbi dos Palmares em 1695 – como Dia da Consciência Negra, oficializada nacionalmente, em 2011 pela então presidente Dilma Rousseff.

É detentor do Troféu Zumbi do ano de 1993, outorgado pela Associação Satélite Prontidão e pela Sociedade Floresta Aurora.

Antônio Carlos Côrtes recebe homenagem do chefe do executivo de Viamão

MAIS HOMENAGENS

Na semana marcada pelas comemorações e reflexões acerca da Semana da Consciência Negra, o chefe do legislativo de Viamão, Luís Armando Azambuja, chama para foto coletiva vereadores e servidores negros e negras.

“O mês que marca esse período que merece muita reflexão sobre racismo e as lutas de todos nós negros, precisamos destacar essas pessoas que tanto lutaram e lutam pelos seus espaços”, diz o presidente Armando.

Parlamentares e servidores posam para foto na Semana da Consciência Negra

Sobre o Vereador Vereador Armando

O vereador Armando, como é popularmente conhecido, tem 49 anos, é jornalista/radialista, técnico em contabilidade, Bacharel em Direito, e, pós- graduado em Gestão Hospitalar. Armando esta no quinto mandato de vereador. Armando é considerado um dos vereadores mais atuantes e experientes do Legislativo. É o campeão de projetos e de leis aprovadas e sancionadas. WhatsApp Lista de Transmissão de Notícias: 51 9990-45123 Celular 51 993321888 Gabinete: 51 34854957

Além disso, verifique

Tem primeira dose da vacina para crianças!