Inicial / APP / Moradores de Viamão bloquearam ERS-040 para protestar pela manutenção de sinaleira da San Marino

Moradores de Viamão bloquearam ERS-040 para protestar pela manutenção de sinaleira da San Marino

Em vídeo: Os depoimentos da comunidade e autoridades em relação a polêmica do amarelo piscante da sinaleira em frente a San Marino, na ERS-040

Os moradores exigem o funcionamento em tempo integral, da sinaleira da entrada do Sítio São José, localizada em frente a San Marino, e reivindicam a instalação de uma passarela para garantir a segurança e as condições de travessia dos pedestres.

No final da tarde desta sexta-feira (21/02), os moradores do Sítio São José, bloquearam a ERS 040 para protestar e defender  o funcionamento em tempo integral, da sinaleira da entrada do Bairro, localizada em frente a San Marino, no entroncamento da ERS 040 com a Rua Alcebíades Azeredo dos Santos.

O presidente da Frente de Defesa da Mobilidade Urbana da Câmara, vereador Luís Armando Azambuja, protocolou pedido de providência, na terça-feira (18/02), junto a EPTV-Empresa Pública de Trânsito de Viamão, solicitando a permanência o funcionamento integral dessa sineira, justificando os inúmeros acidentes ocorridos com veículos e pedestres, e solicitou ao Ministério Público de Viamão anulação das tratativas do TAC-Termo de Ajustamento e Conduta, firmado entre o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) e a EPTV, que vem permitindo deixar a sinaleira da San Marino em sinal piscante, nos finais de semana e nos dias de feriados e de alto trafegabilidade na Rodovia. “Não consultaram a comunidade e nem fizeram estudos técnicos dos riscos em que a população esta correndo para essa decisão”, argumentou o vereador Armando, que articula uma audiência envolvendo o prefeito, representantes da Secretaria Estadual de Transportes, Daer, EPTV, comissão de moradores e a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), que a partir das obras do viaduto, ficou responsável pela gestão e obras desse trecho. “Precisamos que a EGR faça a imediata construção de uma elevada/passarela e/ou uma trincheira nesse local, pois é inadmissível isolar um bairro, em pleno desenvolvimento populacional, que deve contar hoje com mais de 15 mil moradores. Com o sinal amarelo piscante, essa sinaleira fica sem serventia, e toda essa população fica em riscos iminente de acidentes e de morte no trânsito”, enfatizou Armando.

Os moradores relataram que na maioria das vezes a sinaleira esta estragada ou fica em amarelo piscante, provocando diversos acidentes  com veículos e pedestres, com prejuízos ao direito de ir e vir.

“Nós resolvemos fechar a rua para mostrar para o pessoal que realmente não há condições da nossas crianças ou de nós, e dos idosos aqui do Sítio São José conseguir atravessar. É muito perigoso não respeitam, não dão passagem. A sinaleira é uma coisa paliativa porque não funciona direito e o quando  funciona, o tempo é curto para nós atravessarmos”, reclamou Vera Leal, moradora há 32 anos do Bairro.

“Estamos reivindicando que pelo menos se mantenha a sinaleira como paliativo e que o DAER e a EGR se dignem a construir uma passarela para os pedestres. Nós necessitamos muito disso. Tem a Escola Municipal Castelo Branco aqui, com 2 mil alunos, e muitas dessas são moradores do nosso Bairro, que tem que atravessar pela ERS 040 diariamente pela manhã e tarde”, disse Antônio Carlos Reis Cardoso (Gola), que também é moradores do Sítio São José.

“Temos também registrado a preocupação com a sinaleira da San Marino, no início do viaduto, e que serve de entrada e saída do Sítio São José. A EGR está elaborando um projeto não só para resolver o problema de adaptação ou substituição da sinaleira, mas um projeto de duplicação daquele trecho do viaduto até a entrada de Viamão, e já estamos discutindo a possibilidade de construir uma trincheira ali, aonde os veículos e as pessoas poderão passar por baixo da ERS 040, e consequentemente dar mais segurança não só para os veículos que tem que atravessar, mas principalmente para o pedestre. Então nós estamos  preocupados com as situações é tão logo inaugure o viaduto, previsto para o  mês de março, nós já começamos a luta e o trabalho da duplicação desse trecho e consequentemente para resolver o problema dessa sinaleira”, enfatizou Sarico Moura, representante do secretario estadual dos transportes, deputado Juvir Costella.

Sobre o Vereador Vereador Armando

O vereador Armando, como é popularmente conhecido, tem 49 anos, é jornalista/radialista, técnico em contabilidade, Bacharel em Direito, e, pós- graduado em Gestão Hospitalar. Armando esta no quinto mandato de vereador. Armando é considerado um dos vereadores mais atuantes e experientes do Legislativo. É o campeão de projetos e de leis aprovadas e sancionadas. WhatsApp Lista de Transmissão de Notícias: 51 9999-13123 / 51 9960-13123 WhatsSacLegal: 51 9994-13123 - Celular 51 993321888 Gabinete: 51 34854957

Além disso, verifique

21/03: Boletim atualizado do Coronavírus em Viamão