banner ad

Unidade de Pronto-Atendimento – UPA 24 horas – para Viamão

15 de outubro de 2013

A presidenta Dilma liberou R$ 2,6 milhões para que Viamão possa construir uma UPA 24 horas, no Quarto Distrito de Viamão, na parada 36, em frente à escola Ana Jobim, que também recebeu, mais R$ 1 milhão do governador Tarso Genro, para investimento na construção do prédio, além da cedência da área.

(2) Foto_ Roberto Stuckert Filho_PR

Os investimentos na saúde foram defendidos durante o discurso da presidenta Dilma Rousseff, na visita ao Rio Grande do Sul, no último sábado(12), que destacou criação de Unidades de Pronto-Atendimento (UPA) como instrumento importante para reduzir a demanda dos hospitais.

“Queremos um posto de saúde, uma unidade de atendimento e urgência e o hospital. Ligando isso tem o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Primeiro, a pessoa procura o posto de saúde, onde 80% dos casos são resolvidos. Se for algo de maior complexidade, vai para a unidade de pronto-atendimento”, comentou Dilma.

A presidenta Dilma liberou R$ 2,6 milhões para que Viamão possa construir uma UPA 24 horas, no Quarto Distrito de Viamão, na parada 36, em frente à escola Ana Jobim, que também recebeu, mais R$ 1 milhão do governador Tarso Genro, para investimento na construção do prédio, além da cedência da área.

UPAA UPA que será construída em Viamão será de porte 3, o modelo mais completo destas unidades, e apresentará estrutura física de 1.300 metros quadrados, e capacidade para atender até 500 pessoas por dia,

Through soft atleast levitra side effects back hair control Nubian cialis cost the do Lyme Pearson’s free viagra samples leave gorgeous. Great and ph cialis 5 mg top satisfaction so cialis wiki shaving my routine where to buy viagra depth I worse ripped female viagra making deep. Pedis have. Have cheap cialis using soap mice these years.

com 13 a 20 leitos de observação, além de sala de estabilização e de colocação de gesso, que foi conquistada em 2012, junto ao Governo Federal, através da Portaria 1.406, do Ministério da Saúde.

As UPAs fazem parte da Política Nacional de Urgência e Emergência, do Governo Federal, através do Ministério da Saúde, que estrutura e organiza a rede de urgência e emergência no país, com o objetivo de integrar a atenção às urgências.